SEO para o segmento de saúde: Melhores práticas

  • 2 de junho de 2017
No Comments

Sites populares e bem posicionados nos resultados de busca são convenientemente relacionados com palavras-chaves relevantes. E  o SEO (search engine optimization) é o processo que otimiza os mecanismos de busca para qualquer tipo de pesquisa na Internet. Pensando no funcionamento de SEO para o segmento de saúde:  a otimização do site de hospitais, clínicas, centros médicos, odontológicos e estéticos, por exemplo, é preciso ter em mente que as funcionalidades não mudam, mas agora elas estão relacionadas à relevância nas buscas por palavras-chave com nome de médicos, especialidades, localização, sintomas ou informações sobre doenças.

Nesse caso, o SEO está aí para ajudar o paciente encontrar as informações e solucionar as dúvidas com mais facilidade. E o posicionamento do website ajudará a trazer clientes potenciais de uma determinada localidade ou que estão em busca de uma determinada especialidade, ou mesmo de um médico em particular que foi recomendado por alguém. Além disso, as primeiras posições nos resultados de busca, também estão associadas com a credibilidade do negócios ligados à área da saúde.

Há alguns anos,  o segmento da saúde subestimava as buscas online. Nos dias de hoje, tudo é pensado levando em consideração, as buscas potenciais que os pacientes podem realizar e aumentar o tráfego de um site. Por exemplo, tratamentos, cirurgias, especialidades de risco e alto custo são particularmente muito pesquisadas. Isso, porque pacientes que estão considerando uma cirurgia, por exemplo,  estão mais inclinados a realizar alguma busca relacionada do que um paciente que precisa apenas substituir seu óculos de grau.

Por fim, os pacientes regularmente utilizam as buscas antes de tomar a decisão. Mesmo através de indicações, ao menos eles irão realizar buscas para encontrar opiniões e relatos. Percebeu como o SEO também é uma ferramenta importante para um negócio da área da saúde? Bem, então confira as principais técnicas que os sites mais inovadores do segmento de saúde estão usando para complementar os esforços de marketing online:

Trabalho com palavras-chaves #1

A primeira coisa que você precisa fazer é pensar como um paciente e apresentar uma lista de palavras-chave que ele(a) pesquisaria.

Por exemplo, um potencial paciente odontológico no bairro de Perdizes pode procurar “dentista em perdizes”, “implante dentário em perdizes”,  ortodontia em Perdizes “clareamento dental em perdizes” e / ou “odontologia estética em perdizes”.

Mas, quando se fala em um trabalho sério de SEO, não se pode ficar limitado à intuição, é fundamental utilizar ferramentas especializadas que apontam com precisão quais são as palavras-chave mais buscadas.  Isso é fundamental para que a informação disponibilizada, realmente, seja uma dúvida ou informação com volume de busca relevante para ser trabalhada na estratégia de SEO.

Os conceitos básicos descritos acima são tudo o que a maioria dos sites precisam fazer para ser encontrados pelos motores de busca.  No entanto, se você estiver em uma categoria e cidade altamente competitivas (como cirurgia plástica em São Paulo), você precisará de um artilharia pesada, geralmente uma agência especializada em SEO é o recomendado.

Análise do concorrente # 2

O objetivo desta estratégia é descobrir as melhores práticas de marketing on-line de seus concorrentes, em seguida, aprimorá-las e aprimorá-los até torná-los próprias do seu negócio. Lembre-se, uma análise concorrente não é o mesmo que copiar. Quando você copia a estratégia de outra pessoa, você não está mudando nada sobre o que ela faz. Este é um movimento de SEO pobre (para não falar antiético) que desperdiça tempo e recursos.

Uma análise inteligente do competidor é feita com a ajuda de uma ou mais ferramentas , como o Ahrefs Backlink Explorer . Isso permite que você olhe para os recursos onde um rival de saúde conseguiu obter links relevantes. O Google usa isso como um fator importante ao determinar o ranking de um site. Analise o tipo de backlinks que seu concorrente determinou: eles são principalmente de diretórios, blogs ou anúncios? 

Com esses dados como seu guia, você pode formar sua própria técnica sobre como avançar. Por exemplo, se você notou que sua empresa rival possui uma boa porcentagem de backlinks de blogs, você pode escolher chegar às comunidades de blogs para obter exposição para o seu site.

Ganhando backlinks de qualidade #3

O segundo grande “segredo” são os “backlinks”, especialmente no que diz respeito ao Google. Acontece que os algorítimos do Google valoriza os sites que têm muitos links de outros sites apontando para eles. Em outras palavras, se muitos sites relevantes possuem links para seu site, ele será considerado importante.

Observe que dissemos ‘ganhar’, não construir. Isso porque o SEO de hoje desvaloriza links que não são naturais ou não oferecem valor real. Tenha em mente que não é particularmente eficaz simplesmente obter links de qualquer um que esteja na web. O Google é capaz de medir a relevância dos links, bem como a importância relativa do site de referência. Os algoritmos do mecanismo de pesquisa são mais complexos do que nos anos anteriores – e se você não é cuidados, você pode obter backlinks de qualidade inferior que não beneficiarão o seu site para o longo prazo, e pode até mesmo ser penalizado pelo Google.

Otimização da página #4

Este é o aspecto mais técnico onde você pode precisar da ajuda do seu desenvolvedor web ou de sua agência especialista em marketing digital. Basicamente, isso envolve a melhoria da estrutura do seu site para que ele seja amigável ao usuário. Algumas das melhores práticas são:

  1. Encurtando URLs;
  2. Adicionando meta descriptions únicas e meta títulos para cada página da web;
  3. Usando palavras-chave semânticas de cauda longa no seu conteúdo  de saúde;
  4. Usando H2 para definir títulos e subtítulos;
  5. Incluindo botões de compartilhamento em mídias sociais;
  6. Linkando páginas relevantes no seu site.

Brian Dean do site Backlinko criou uma lista de itens relevantes de uma página de SEO, para aqueles que querem começar a melhorar a experiência do site de seus usuários.

Análise constante dos resultados #5

A otimização dos  mecanismos de pesquisa não será completa sem testes e medições frequentes. Use recursos gratuitos como o Google Analytics e as ferramentas do Webmaster (ou o seu CMS capaz como o HubSpot) para ver se seus esforços estão pagando. Para aqueles que utilizam PR e semente de conteúdo, tente o Linkbird . Aqui estão os pontos sobre os quais você deve se concentrar:

  1. Tráfego (Você ganhou ou perdeu visitantes no site?)
  2. Taxa de rejeição (os visitantes conseguiram encontrar o que estavam procurando no seu site?)
  3. Conversão (Quantas pessoas completaram uma ação em seu site?)
  4. Taxa de saída (como os visitantes estão terminando sua visita?)

SEO-para-saude

 

Lembre-se, essas estratégias são projetadas para resultados a longo prazo – então você pode não ver grandes mudanças nas primeiras semanas. SEO é um ajuste constante e um compromisso com a experiência do usuário. Com as táticas de SEO corretas, qualquer empresa de saúde pode desfrutar de benefícios mensuráveis e sustentáveis ​​de crescimento.

Há muitas questões a considerar além do alcance de nossa série de artigos, de modo que, sempre, se você tiver alguma dúvida, fique à vontade para contactar-nos.

 

Experiência em utilização de KPI’s como CAC e ROI para campanhas de Performance e utilização de análise RFM (Recency, frequency and monetary) e Lifetime Value para campanhas de retenção.

Sobre o Guia de SEO

Aqui você encontrar um pouco de tudo sobre SEO, Marketing de Conteúdo, Redes Sociais e todo o Universo de Marketing Digital

Análise de SEO Grátis

Cadastre-se e enviaremos para você uma análise gratuita dos aspectos básicos de SEO no seu site com dicas rápidas.

Receba as Novidades no Email

Campos com * são necessários
Entre em contato conosco, faça um orçamento e tenha ajudaremos você a alavancar as suas visitas.

Mais artigos sobre SEO

Veja todos os Artigos
No Comments
     

    Deixe um Comentário