SEO On-page: Guia prático de análise

  • 28 de Abril de 2017
No Comments

Quando se fala de Análise de SEO On-page para o site certamente você deve ter ouvido inúmeras vezes sobre Tags de títulos, descrições, etc.

Preparamos um infográfico bem legal que mostrar alguns dos aspectos que levamos em consideração na hora de realizar a análise On-Page do website. Há vários outros fatores que também avalizamos aqui, porém compartilhamos os principais com você:

SEO On-Page Guia Prático

Algumas observações sobre o SEO On-Page no Infográfico:

1 – Utilização de URL’s amigáveis

As primeiras 3 a 5 palavras em uma URL são as mais importantes. Então tente fazer uma URL curta e sempre utilizando a palavra-chave. Entre outras palavras: Evite URL’s não amigáveis ou URL’s longa demais.

2 – Inicie sempre o Título com a sua palavra-chave

No Geral, quanto mais próximo do começo a palavra-chave estiver, maior será a importância dela para os buscadores.

Seo Local

Utilizar sempre a palavra-chave no início do título não é obrigatório. Mas, tente sempre colocar o mais próximo do começo do título.

3 – Utilize modificadores no seu título

Utilizando as palavras como “2017”, “Guia”, “Melhores” ajudarão no ranqueamento de palavras-chaves cauda longas.

4 – Faça um breve resumo do seu título na Tag <H1>

Verifique no código fonte do site se a tag H1 está configurada corretamente. A tag H1 também é conhecida como “Headline Tag”. Muitos CMS como o próprio WordPress adicionam automaticamente a tag na página. Porém, alguns temas acabam removendo essa tag.

É válido também sempre checar diretamente no código fonte se há somente uma tag H1 na página. A Tag H1 é a mais importante e por isso deve ser única na página.

5 – Aproveite os elementos multimídia

Utilize sempre imagens, vídeos, E-books, Slideshares, etc para compor o conteúdo da sua página. Isso ajuda muito a diminuir o Bounce Rate (Taxa de Rejeição) e aumenta o tempo de permanência no site. Esses dois fatores são críticos para o desempenho da interação com o site.

6 – Crie tópicos relacionados nas tags H2

Inclua a palavra-chave ao menos uma vez em um tópico H2. Certifique-se também de criar ao menos uma tag H2 na página. Não há limites de H2 nas páginas.

7 – Incluir a palavra chaves nas primeiras 100 palavras

A palavra chave deve aparecer nas primeiras 100 palavras do conteúdo. Muito provavelmente você fará isso naturalmente, mas muitas pessoas utilizam a palavra-chave no final do conteúdo. Trazendo a palavra chave para o começo do conteúdo fará com que os buscadores entendam mais facilmente do que se trata o assunto.

8 – Design Responsivo

O Google está penalizando sites não amigáveis para mobile desde 2015. E com certeza penalizará mais ainda no futuro. Para a página ser Mobile Friendly é recomendável que o site todo seja responsivo. E altamente recomendável que o site seja responsivo até mesmo para questões de experiência do usuário.

9 – Utilize links externos

Utilizar links externos ajudará o Google com o assunto do conteúdo e também aumentará a relevância do conteúdo.

Um estudo recente concluiu que páginas com links externos tem mais relevância que páginas sem nenhum link. Sem contar que essa é uma técnica 100% White Hat.

10 – Utilize links internos

Adicione ao menos de 2 a 3 links internos no conteúdo. Quer ver um exemplo prático? Veja a Wikipedia e os seus links internos.

SEO na wikipedia

11 – Aumente a velocidade do site

O Google leva em consideração a velocidade de carregamento do site como fator de ranqueamento.

Estudos indicam que 75% dos visitantes não voltam mais no site se ele demorar mais que 4 segundos para carregar. Algumas opções a serem utilizadas para aumentar a velocidade do site:

Servidores de Hospedagem

Fazem praticamente toda a diferença em relação ao desempenho do site. Há vários no mercado como o WP-Engine ou o Digital Ocean

CDN

Uma CDN (Content Delivery Network) é uma rede de distribuição de informação que permite fornecer o conteúdo de uma forma mais rápida a um grande número de visitantes, distribuindo o conteúdo entre vários servidores de forma a entregar o conteúdo para o visitante através do servidor mais próximo.

Há vários serviços de CDN no mercado. Os mais populares são Cloudnary, Key CDN e Max CDN.

Plugins de Otimização

Plugins de otimização de imagens com o Imagify e plugins para cache com o WP-Rocket também são muito importantes para o desempenho.

Após a instalação e configuração dos itens acima utilize o Google Page Speed ou o GTMetrix para avaliar o desempenho do seu site.

12 – Utilize o campo semântico

Campo semântico são palavras sinônimas da palavra chave e ajudam na relevância do conteúdo aumentando a qualidade e deve ser utilizados em praticamente todos os artigos produzidos.

Um exemplo de consulta ao campo semântico da palavra-chave pode ser encontrado no próprio Google. Abaixo sempre há exibição de termos relacionados para a busca:

SEO On-Page: Termos relacionados

13 – Otimização de Imagens

Tenha certeza que os nomes dos arquivos de imagens tenham relação com a palavra-chave (exemplo: seo-on-page-png). Certifque-se também de utilizar a palavra-chave no atributo “Alt Text” da imagem.

14 – Utilize botões de compartilhamento das redes sociais

A quantidade de compartilhamentos do seu conteúdo não é um fator de ranqueamento do site porém, a quantidade de compartilhamentos aumenta a importância do conteúdo. Quanto maior a importância, maior a chance de conseguir bons Links Externos.

15 – Crie artigos com bastante conteúdo

O ditado “Conteúdo é o Rei” nunca foi tão utilizado como nos dias de hoje. Estudos indicam que conteúdos mais extensos aumentam significativamente as chances de ranquear nas primeiras posições do Google. A nossa metodologia de produção de conteúdo leva em consideração um artigo com mais de 1900 palavras sendo um conteúdo relativamente bom o suficiente para o ranqueamento.

16 – Aumente o tempo de permanência

Se alguém sair da sua página imediatamente após entrar é sinal de que a página está com um conteúdo de baixa qualidade. É por isso que o Google utiliza o tempo de permanência no site para determinar a qualidade do conteúdo.

Em outras palavras, produzir conteúdo com qualidade não atrapalhará você. Não há razões para não produzir um conteúdo relevante e com qualidade em todos os seus artigos ou postagens. A consequência de tudo isso é o seu artigo conseguir um posicionamento nas primeiras posições dos resultados de busca e também conseguir bastante comentários aumentando ainda mais a relevância.

Experiência em utilização de KPI’s como CAC e ROI para campanhas de Performance e utilização de análise RFM (Recency, frequency and monetary) e Lifetime Value para campanhas de retenção.

Sobre o Guia de SEO

Aqui você encontrar um pouco de tudo sobre SEO, Marketing de Conteúdo, Redes Sociais e todo o Universo de Marketing Digital

Análise de SEO Grátis

Cadastre-se e enviaremos para você uma análise gratuita dos aspectos básicos de SEO no seu site com dicas rápidas.

Receba as Novidades no Email

Campos com * são necessários
Entre em contato conosco, faça um orçamento e tenha ajudaremos você a alavancar as suas visitas.

Mais artigos sobre SEO

Veja todos os Artigos
No Comments
     

    Deixe um Comentário