Links Internos e Screaming Frog: Encontrando todos os erros

  • 14 de junho de 2017
No Comments

O seu website está crescendo e já possui uma quantidade considerável de páginas, diversos links internos e há várias outras pessoas trabalhando diretamente na produção de conteúdo? Quando você realiza uma consulta no Google Search Console uma série de links com erros é encontrada, porém em algumas ocasiões esses links já foram consertados ou você não consegue encontrá-los no site? Bem, então, uma solução simples para encontrar facilmente todos os erros de links internos no seu site é através do Screaming Frog.

O Screaming Frog é uma ferramenta que simula um buscador no seu site onde a diferença é que você pode controlar todos os parâmetros de consulta. Confira esta página a apresentação do Screaming Frog.

Links Internos

A versão gratuita dessa ferramenta permite analisar até 500 páginas com as principais funcionalidades. Para uma agência de marketing digital, por exemplo, é imprescindível a utilização dessa ferramenta para a análise de links internos de um determinado site. Após o download da ferramenta, basta inserir a url do seu site no topo para iniciar a varredura completa no endereço. Todos as páginas do site serão listadas abaixo com várias colunas contendo as principais informações de cada uma delas.

Verificando os Links internos do site

As principais colunas que utilizaremos para a verificação de todos os links internos do site são:

Links Internos URL

Address: Nesta coluna serão listados todas as URLs do site, assim como as imagens, arquivos CSS, Javascript e qualquer outro tipo de elemento inserido no site. Essa coluna é a que interessa, porque você poderá ter uma noção da profundidade de níveis que o seu site possui hoje (ex: home/categoria1/categoria2/categoria3). Com essa informação, você já pode organizar melhor as categorias tanto de produtos, quanto de artigos no seu site.

Links Internos Status Code

Status Code: Para cada página listada na ferramenta há um código de resposta enviado pelo servidor que hospeda o seu site. Esses código de status podem ser:

0 – Blocked By Robots.txt – página não está disponível para ser rastreada pelos buscadores por ter sido bloqueada através do arquivo Robots.txt
0 – DNS Lookup Failed – A página não foi encontrada devido a um erro nas configurações do servidor ou erro de informação do domínio.
0 – Connection Timeout – A página demorou muito tempo para responder fazendo que o servidor retornasse erro.
0 – Connection Refused – A página foi encontrada porém ocorreu um erro ao acessar. Esse tipo de erro ocorre na comunicação entre a ferramenta e o website. Geralmente pode ser por ocasionado por algum firewall ou antivírus na máquina local.
0 – Connection Error / 0 – No Response – A página está com algum erro de conexão  para ser acessada. Esses erros são comuns quanto o site necessita ser acessado através de algum proxy, por exemplo.
200 – OK – Página encontrada e respondendo corretamente.
301 – Moved Permanently / 302 – Moved Temporarily – A página foi encontrada porém foi movida para outro endereço.
403 – Forbidden – A página foi encontrado porém não está disponível para ser rastreada.
404 – Page Not Found / 410 – Removed – Página removida ou não encontrada.
500 – Internal Server Error – Página com erro interno no servidor, que pode ser ocasionado por algum erro de desenvolvimento ou quebra no código.

Links Internos - Títulos

Title: Nesta coluna são listados todos os títulos das páginas com os respectivos tamanhos em caracteres. Esta coluna é útil para analisar quais títulos estão fora do padrão recomendado pelo Google para a exibição completa do título nos resultados de pesquisa.

Links Internos - Meta Descrição

Meta Description:  Tem praticamente a mesma funcionalidade da coluna de Titles, também conta com o tamanho em caracteres para ser analisado e ajustado conforme as diretrizes do Google.

Links Internos - Headers

Colunas de Headers (H1, H2, H3): A ferramenta também lista todas as colunas com as principais tags de identificação dos buscadores em uma página. Um comparativo mais comum das tags de headers são as mesmas características que um livro, onde você tem todos os tópicos e sub tópicos separados para cada assunto abordado nele.

Links Internos - Meta Robots

Meta Robots: Essa coluna mostra todas as instruções enviadas através da Tag Meta Robots contida na URL. Algumas páginas menos relevantes recebem a classificação de noindex, por exemplo, enviando a instrução para o Google não indexar e listar a página nos resultados de busca. Essa tag é uma alternativa à utilização do robots.txt, para evitar que páginas indesejadas sejam listadas pelos buscadores. Isso pode ajudar com a qualidade das informações que realmente você quer enviar para os buscadores promovendo o posicionamento nos resultados de busca.

Links Internos - Word Count

Size, Word Count e Text Ratio: Essas colunas são excelentes indicadores para analisar a quantidade de conteúdo de uma página. A coluna Size indica o tamanho total em bytes de cada página, onde podemos considerar que quanto menor o valor, menor o conteúdo dessa página ou até mesmo que a página pode indicar problemas. Um exemplo útil dessa coluna é listar, por exemplos, páginas que não têm produtos disponíveis, onde o tamanho será sempre o mesmo valor e baixo. A coluna Word Count representa o número de palavras na página sendo útil para acompanhar a quantidade de palavras em um artigo, medindo a qualidade do conteúdo através do número de palavras. A coluna text ratio também é útil para indicar a razão de conteúdo em relação ao código na página, ou seja, quanto maior o valor da coluna, mais conteúdo foi desenvolvido na página.

Links Internos - Níveis

Level: Essa coluna mostra a profundidade de navegação da página no site todo. Por exemplo a Home estará no nível 1, as categorias estarão no nível 2, as subcategorias estarão no nível 3, e os produtos poderão listar no nível 3 ou nível 4. Essa coluna é útil para analisar a profundidade de links no site e tomar decisões de mover páginas relevantes que estão em níveis não recomendados pelos buscadores.

Identificando a origem dos links internos

Quando o Screaming Frog finaliza a varredura do site, listando todos os links internos, temos a opção de identificar a origem desses links quebrados através das opções de origem do link (inlinks) nas abas abaixo:

Links Internos Quebrados

Com isso, é possível identificar a URL que está originando esse link que não existe mais ou por algum motivo está informando um caminho errado prejudicando a navegação do site. Esse é o tipo de prática recomendada a ser realizada todos os meses por exemplo e identificar todos os links internos quebrados do site identificando possível erros de digitação, sistema, conteúdo, etc. O Screaming frog possui a opção de exportar a lista para um arquivo CSV, podendo ser importado para o Google Drive e compartilhado com mais pessoas.

Aqui na Gear SEO utilizamos o Screaming Frog para além de identificar links internos quebrados, também auxiliando nas seguintes tarefas:

  • – Títulos e descrições de todas as páginas do site;
  • – Páginas com pouco conteúdo;
  • – Páginas que não estão indexando;
  • – Páginas que não devem indexar;
  • – Níveis de seções de um site;
  • – Páginas que estão com instruções de nofollow;
  • – Sitemaps com irregularidades;
  • – Estratégia de Palavras-Chaves;
  • – Proporção de conteúdo por página;
  • – URLs amigáveis;
  • – Headers com utilização de campo semântico;
  • – Tempo de resposta de cada página;
  • – Produtos sem estoque;
  • – Produtos indisponíveis;
  • – Categorias vazias;
  • – Imagens quebradas;

Há várias outras funcionalidades que a ferramenta poderá ajudar para organizar todos os links internos de um website. Consideramos esse tipo de prática parte do ciclo de um projeto de SEO onde realizamos o check list de qualidade de um website e também com o nível crítico alto para a resolução de todos os links quebrados. Esse é o tipo de prática que, quando torna-se um hábito periódico a ser realizado, acaba beneficiando não somente a promoção de posicionamento nos buscadores, mas também a empresa toda.

Links internos e screaming frog

 

Experiência em utilização de KPI’s como CAC e ROI para campanhas de Performance e utilização de análise RFM (Recency, frequency and monetary) e Lifetime Value para campanhas de retenção.

Sobre o Guia de SEO

Aqui você encontrar um pouco de tudo sobre SEO, Marketing de Conteúdo, Redes Sociais e todo o Universo de Marketing Digital

Análise de SEO Grátis

Cadastre-se e enviaremos para você uma análise gratuita dos aspectos básicos de SEO no seu site com dicas rápidas.

Receba as Novidades no Email

Campos com * são necessários
Entre em contato conosco, faça um orçamento e tenha ajudaremos você a alavancar as suas visitas.

Mais artigos sobre SEO

Veja todos os Artigos
No Comments
     

    Deixe um Comentário