Por que utilizar um bom CMS?

  • 25 de outubro de 2018
No Comments

tipos de cms seo

 

 

Criar e administrar um site ou blog via CMS é uma das melhores formas de gerenciar os conteúdos a serem publicados em sua URL. Para quem não sabe, o Sistema de Gerenciamento de Conteúdo facilita a forma de estruturar a parte técnica de uma página, toda vez em que ela passar por alguma atualização.

Atualmente, existem diversos tipos de CMS’s espalhados pelo mundo e muitas grandes empresas já fazem uso desse recurso, tendo em vista mais praticidade e rapidez no gerenciamento de conteúdo. Apesar de muitas plataformas serem pagas, existem diversas ferramentas gratuitas capazes de deixar um site mais eficiente.

O CMS permite que um site fique mais fácil de ser atualizado

Em critérios de SEO, atualizar constantemente um site é essencial para ele se manter bem posicionado nos resultados de pesquisa do Google. Com o CMS, quaisquer alterações em uma URL podem ser feitas de maneira mais fácil, sem ser preciso usar softwares complexos.

Dessa forma, você não perderá muito tempo em se preocupar com a parte técnica do seu site e poderá publicar conteúdos rapidamente. Tudo isso sem fazer os posts perderem qualidade e visibilidade perante os usuários.

Faça uso de imagens, vídeos e demais recursos com um CMS

Ter um site não significa apenas atualizá-lo com conteúdos, independentemente deles serem relevantes ou não. É preciso se atentar quanto às novas tendências e possibilidades oferecidas pelo mercado, tendo em vista uma melhora na qualidade dos posts e que eles sejam capazes de despertar o interesse do leitor.

Fazendo uso de um CMS, você terá mais facilidade ao criar novas abas dentro do seu site, bem como inserir imagens, vídeos, infográficos e demais conteúdos interativos nos posts. De acordo com pesquisa realizada pela Digital Sherpa, 80% dos visitantes de uma página preferem se informar por meio de um recurso audiovisual e apenas 20% se interessam em ler um texto até o fim.

Os CMS’s possuem uma grande variedade de widgets

Widgets e plugins são muito usados por administradores de sites que desejam melhorar a usabilidade de uma URL, atraindo um número maior de visitantes. Existem diferentes tipos de extensões que acabam por gerar um melhor engajamento com o público, permitindo o compartilhamento de um post nas redes sociais, por exemplo.

Contudo, antes de instalar um widget no seu site, lembre-se de verificar se ele será capaz de contribuir para uma melhor experiência do usuário enquanto ele estiver navegando. Além disso, verifique quais plugins são essenciais e se o software possui características capazes de atender suas reais necessidades.

Critérios de SEO podem ser incluídos em um CMS

Tendo em vista um melhor tráfego orgânico e um bom posicionamento no Google, os sites aplicam técnicas de SEO (Search Engine Optimization), com ênfase no marketing de conteúdo. Isso inclui a publicação de conteúdos capazes de despertar o interesse do leitor e, ao mesmo tempo, fazendo uso de palavra-chave, campo semântico, meta description e outros itens importantes.

Mas, como todo cuidado é pouco antes de publicar algum conteúdo, alguns CMS’s possuem recursos próprios que verificam se determinado post atende a todas as especificações de SEO. O WordPress, por exemplo, nas páginas de edição dos posts, informa se determinado conteúdo está curto ou extenso, se a legibilidade está adequada, e outros pontos importantes.

Assim, fica mais fácil entender se algum post está atendendo a todos os requisitos de otimização e, consequentemente, tem chances de ser posicionado nas primeiras posições do Google. Dentre os principais critérios de SEO avaliados por um CMS de qualidade, podemos citar:

  • otimização de imagens por meio do atributo alt;
  • uso correto de palavra-chave e do campo semântico ao longo de um conteúdo;
  • meta description de um tamanho adequado com, no máximo, 155 caracteres;
  • a usabilidade de um conteúdo com parágrafos com o mesmo tamanho,
  • se o post está fazendo uso de links internos e externos.

Diferentes tipos de sites podem ser criados com um CMS

Enquanto alguns sites prezam por vender seus produtos, os blogs geralmente possuem caráter mais informativo com o objetivo de instruir o leitor sobre determinado assunto. Exemplificando a situação, considere o funil de vendas existente no marketing digital, em que o blog instrui um usuário sobre seus produtos para, depois, direcioná-lo ao site onde encontrará tais itens.

Mas, como o CMS entra nessa história? Muito simples! Essas ferramentas permitem a criação de URL’s de características distintas de acordo com a necessidade dos seus usuários. Tanto sites quanto blogs podem ser criados com um CMS capaz de administrar sua página.

Sites com CMS são rapidamente carregados

A velocidade de carregamento de uma página é fator muito importante para critérios de SEO e, consequentemente, para o bom rankeamento do site. Caso uma URL tenha um carregamento demorado, a possibilidade do usuário desistir de acessá-la é muito grande.

Em alguns CMS’s, é possível saber quanto tempo um link demora para carregar e, a partir disso, saber o que precisa ser feito para deixá-lo mais rápido. De acordo com o Google Site Performance para Webmasters, uma página deve levar no máximo dois segundos até ser carregada por completo.

Na Gear SEO, trabalhamos com os melhores CMS’s do mercado. Se você está interessado em aumentar a visibilidade do seu site e otimizar suas páginas para obter bom rankeamento do Google, entre em contato conosco e agende uma visita!

Sobre o Guia de SEO

Aqui você encontrar um pouco de tudo sobre SEO, Marketing de Conteúdo, Redes Sociais e todo o Universo de Marketing Digital

Análise de SEO Grátis

Cadastre-se e enviaremos para você uma análise gratuita dos aspectos básicos de SEO no seu site com dicas rápidas.

Receba as Novidades no Email

Campos com * são necessários
Entre em contato conosco, faça um orçamento e tenha ajudaremos você a alavancar as suas visitas.

Mais artigos sobre SEO

Veja todos os Artigos
No Comments
     

    Deixe um Comentário