Persona: você sabe quem é seu cliente?

  • 5 de fevereiro de 2019
No Comments

persona strategy

No marketing digital, a persona significa a representação imaginária do cliente ideal de uma empresa. Cada negócio tem uma ou mais personas, independentemente do setor em que atue. No entanto, nem todo gestor tem claro quem é o cliente dele — e isso pode resultar em menos resultados do que se imagina.

Ao identificar a persona, é possível criar conteúdos direcionados para ela, ajudando-a no processo de compra. Você sabe é que é o seu cliente? Se a resposta for não, leia o nosso post e aprenda mais sobre o assunto!

Importância da persona

Para encontrar a persona, é necessário analisar o banco de dados da empresa. Essa análise ajuda a identificar comportamentos, motivações e até extrair histórias pessoais do público-alvo.

As empresas que não pensam na persona podem estar direcionando esforços para os clientes errados. É como tentar anunciar um rodízio japonês para alguém que é alérgico a todos os tipos de peixe: a compra dificilmente irá se realizar. Por outro lado, há milhares de pessoas que adoram essa culinária.

Desse modo, definir quem é o receptor da sua mensagem irá trazer muitas vantagens para o seu negócio. Primeiramente, isso ajudará a alinhar o estilo dos conteúdos — seja dos textos do blog, posts das redes sociais e até mesmo anúncios digitais.

Além disso, você conseguirá entender onde está esse potencial cliente. Hoje em dia, as plataformas virtuais são diversas e não vale a pena se limitar a pensar em só uma. Por exemplo: boa parte das pessoas está no Facebook, mas talvez a sua persona esteja mais antenada no Instagram.

Persona x público-alvo

Por se tratarem do público da empresa, persona e público-alvo podem ser confundidas em um primeiro momento. Porém, vale destacar que uma palavra complementa a outra e, por isso, são importantes para as estratégias de marketing digital.

O público-alvo é a informação “crua” sobre o cliente. Exemplo: Mulheres, de 20 a 30 anos, solteiras, com ensino superior e renda mensal de R$ 2.000 em média.

O máximo de informação “subjetiva” que o público-alvo oferece é o objetivo, que deve estar de acordo com o produto. No caso do exemplo citado acima, o desejo das mulheres poderia ser estar com a pele do rosto mais hidratada e o produto, um creme.

Por outro lado, a persona é o desenvolvimento das características do público-alvo. Exemplo: Mariana tem 27 anos, é formada em medicina veterinária e adora assuntos relacionados com a natureza. Atualmente, ela procura cosméticos naturais para os cabelos e para a pele.

Como definir a persona?

A definição da persona pode ser feita a partir de alguns questionamentos. Quanto mais informações você obtiver, mais certeira poderá ser a comunicação da sua empresa.

Para isso, confira alguns aspectos que podem ser investigados:

  • Quem pode se interessar por seus produtos? Leve em consideração: gênero, idade, localização, nível de instrução e principais características comportamentais
  • O que ele poderia comprar do seu negócio?
  • Quais são os hobbies da sua persona?
  • O que ele deseja para o futuro? Quais são as suas dificuldades no dia a dia?
  • Em quais canais a persona busca informação?

Para realizar esse tipo de pergunta, é importante primeiramente se apresentar e dizer quais são os objetivos dessa abordagem. Ou seja, ganhar a confiança do entrevistado.

O contato pode ser presencial ou a distância, isso não é tão importante. O essencial é coletar as informações que possam ajudar na criação da persona. Além de pensar nas perguntas básicas –  como as listadas acima –,  é fundamental conduzir a entrevista como uma conversa, dando espaço para que a pessoa possa acrescentar dados relevantes.

Conclusão

Como visto, conhecer a persona é extremamente importante para quem deseja alcançar os melhores resultados nos negócios. É nesse público-alvo que a empresa deve focar seus esforços e para quem deve direcionar o conteúdo.

Vale destacar ainda que uma empresa pode ter mais de uma persona. Um e-commerce de cosméticos, por exemplo, provavelmente vende para homens e mulheres, pessoas mais velhas e mais jovens.

Além disso, boa parte dos compradores é de consumidores que presenteiam outras pessoas. Portanto, quando falamos na “persona” do negócio, não estamos falando apenas de um tipo de cliente. O número irá variar de empresa para empresa, por isso, cada uma deve fazer as próprias pesquisas para descobrir esses dados.

Sobre o Guia de SEO

Aqui você encontrar um pouco de tudo sobre SEO, Marketing de Conteúdo, Redes Sociais e todo o Universo de Marketing Digital

Análise de SEO Grátis

Cadastre-se e enviaremos para você uma análise gratuita dos aspectos básicos de SEO no seu site com dicas rápidas.

Receba as Novidades no Email

Campos com * são necessários
Entre em contato conosco, faça um orçamento e tenha ajudaremos você a alavancar as suas visitas.

Mais artigos sobre SEO

Veja todos os Artigos
No Comments
     

    Deixe um Comentário