O que é inbound marketing?

  • 26 de outubro de 2018
No Comments

marketing inbound

O inbound marketing começou a ser usado em 2009 nos Estados Unidos quando Brian Halligan e Dharmesh Shah publicaram o livro ““Inbound Marketing: seja encontrado usando o Google, a mídia social e os blogs”. A partir daí, diversas empresas passaram a fazer uso de tais estratégias com o objetivo de atraírem público e ganharem tráfego orgânico.

Basicamente, o inbound marketing é quando uma pessoa ou potencial cliente procura sua empresa por meio de conteúdos de qualidade disponíveis na web. Para isso, são desenvolvidas algumas estratégias capazes de oferecer ao usuário posts educativos e instrutivos que o eduquem a ponto dele querer fechar negócio com você.

As cinco etapas de como fazer um inbound marketing

O inbound marketing é composto por cinco etapas: atrair, converter, relacionar, vender e analisar. Todas são essenciais para a obtenção do sucesso dessa estratégia e se complementam entre si. Confira!

Atrair

Antes de mais nada, é preciso traçar estratégias que despertem o interesse do usuário, incentivando-o a permanecer em seu site, acessando diversas páginas. Quanto mais acessos uma URL recebe, mais leads são gerados e, consequentemente, as chances de você vender um produto são maiores.

Diante disso, recomenda-se não sair em busca de pessoas interessadas por seu conteúdo. Pelo contrário, o importante é publicar posts capazes de despertarem o interesse do usuário por livre e espontânea vontade. Com isso, o engajamento e o interesse do público será maior e você não precisará gastar nada durante o processo.

Contudo, vale ressaltar que as estratégias usadas em um blog devem ser diferentes das redes sociais, por exemplo. No primeiro caso, você pode inserir texto, imagens, vídeos, infográficos e demais recursos multimídia; já no segundo, a preferência é por compartilhamento de links, enquetes e conteúdos rápidos e objetivos.

Converter

Uma vez atraídos, os usuários precisam ser convertidos em leads para a estratégia de inbound marketing prosseguir. Uma das principais maneiras de gerar lead é oferecer ofertas, diretamente ou indiretamente, ao seu potencial cliente, educando-o e mostrando os benefícios do seu produto.

Outra forma de gerar conversão é criar landing pages com call to actions, headlines e formulários com o objetivo de convencer o usuário a executar uma ação de vendas. Além disso, existe o CRO, capaz de traçar aos poucos a experiência de um potencial cliente até ele se convencer a adquirir algo.

Relacionar

Se relacionar com seus potenciais clientes é muito importante pois, de acordo com o livro “The Ultimate Sales Machine”, de Chet Holmes, apenas 3% deles estão aptos para realizar uma compra. Isso mostra que os 97% restantes ainda precisam se convencer sobre seu produto ou ainda demonstrar interesse pelo mesmo.

Existem diferentes maneiras de você manter um bom relacionamento com seu público, sendo uma delas por meio do e-mail marketing. Nele, é possível descrever um pouco sobre seus produtos, trazer informações sobre os mesmos, e mencionar links redirecionando ao seu site. Mas lembre-se: não faça uso de listas, pois muitos endereços nelas presentes podem estar desatualizados ou não possuem o perfil dos seus clientes.

Vender

Cumpridas todas as etapas acima, finalmente chegou o momento de você vender seu produto. Geralmente, essa etapa acontece dentro do site mas, em algumas situações, ela pode ocorrer com algum vendedor particular ou presencialmente. Tudo dependerá das características dos itens a serem comercializados!

Uma das estratégias de vendas mais usadas é o lead scoring, que consiste na análise de dois pontos: perfil e interesse. O primeiro procura traçar a identidade dos potenciais clientes e se eles realmente são parte do seu público-alvo; já o segundo, analisa o comportamento de cada usuário em seu site e seu interesse pelos conteúdos.

Analisar

Por fim, o último passo de uma estratégia de inbound marketing é analisar os resultados e, por meio deles, verificar o sucesso do processo e quanto de lucro ele trouxe à sua empresa. Além disso, verificar o comportamento e o nível de interação do usuário com o site ou rede social é muito importante para verificar se algo precisa ou não ser alterado.

Para ajudar nessa etapa, conta-se com a ajuda do Google Analytics, uma ferramenta capaz de analisar a fundo todos os cliques, conversões e usabilidades de uma URL. Com ela, é possível acompanhar o quanto de tráfego orgânico um site teve durante determinado período.

Vantagens proporcionadas pelo inbound marketing

O inbound marketing possui diversas vantagens tanto para os administradores de um site, quanto aos visitantes. A primeira diz respeito ao retorno do investimento que tende a ser mais rápido por conta das diversas estratégias eficazes executadas durante o processo. Em decorrência disso, o volume de receita e os resultados orgânicos aumentam.

Traçando uma estratégia, fica mais fácil identificar qual é o público-alvo que demonstrará interesse pelo seu produto. A partir disso, será possível manter uma relação mais próxima com eles e aumentar o poder de persuasão em um curto intervalo de tempo.

Na Gear SEO, traçamos as melhores estratégias de inbound marketing para o seu negócio, com base nas características do seu produto. Com isso, identificamos quais pessoas o seu site deve abranger para obter melhor resultado de tráfego orgânico e conversão. Não perca mais tempo e agende uma visita com a gente!

Sobre o Guia de SEO

Aqui você encontrar um pouco de tudo sobre SEO, Marketing de Conteúdo, Redes Sociais e todo o Universo de Marketing Digital

Análise de SEO Grátis

Cadastre-se e enviaremos para você uma análise gratuita dos aspectos básicos de SEO no seu site com dicas rápidas.

Receba as Novidades no Email

Campos com * são necessários
Entre em contato conosco, faça um orçamento e tenha ajudaremos você a alavancar as suas visitas.

Mais artigos sobre SEO

Veja todos os Artigos
No Comments
     

    Deixe um Comentário