Protocolo HTTPS

O HTTPS se diferencia pela adição da letra "S", que significa "seguro". Ele é de extrema relevância, pois consegue criptografar as informações em trânsito entre usuário e site.
Protocolo HTTPS

"HTTP" é uma abreviação para o termo "HyperText Transfer Protocol", que pode ser traduzido como "Protocolo de Transferência de HiperTexto". Ele possibilita a troca de dados entre usuário e rede. O HTTP comum abre uma oportunidade para todos que queiram e possam observar as transferências de elementos entre seu computador e a internet, entre eles os tão temidos hackers.

O protocolo HTTPS cria mais uma barreira na hora em que outra pessoa tentar saber o que você está fazendo enquanto navega pela web. Sites de grande porte, como Google, Facebook e Youtube, são adeptos do HTTPS, oferecendo assim mais proteção para os consumidores. Em suma, o HTTPS "blinda" o que você vê online, protegendo dados extremamente valiosos de terceiros, tal qual senhas; logins; números de cartões de crédito; endereços e números de telefones.

É bem simples identificar se a página que se deseja navegar possui o protocolo HTTPS. No navegador do Google Chrome, a palavra "Seguro" se encontra antes de todos os endereços que o utilizam, enquanto no Safari é possível notar um pequeno cadeado.

Uma outra vantagem do HTTPS é que ele também se certifica que o site que está sendo carregado é mesmo o desejado, ao invés de um site alterado por alguém mal intencionado.

O HTTP simples é ainda mais arriscado quando usado em uma rede de wi-fi livre, encontrada em restaurantes; shoppings; consultórios; hotéis; praças; parques e escolas. Em redes de internet abertas, terceiros conseguem acessar o segmento da web em que você se encontra e obter as informações confidenciais já citadas. Isso acontece porque a qualidade técnica é um pouco deixada de lado quando se trata de redes públicas de internet. Procure manter uma precaução dobrada e opte por páginas e aplicativos que possuam o HTPPS principalmente quando o assunto for compras e sites de namoro, que podem colocar em perigo não só as suas informações, mas também seus bens e até mesmo sua vida.

Muitos sites não disponibilizam a opção de proteção HTTPS por conta do custo elevado e pela atualização necessária dos provedores para que suportem o protocolo, bem como os gastos com entidades que o validem, sendo o principal impasse com os anunciantes, pois muitas propagandas e ferramentas de diagnóstico têm origens de HTTP comum, o que acaba desencorajando essa transformação. O ideal seria que tudo o que se encontra dentro do site (até as páginas independentes) estejam configuradas em HTTPS, visto que mesmo que um site tenha a proteção extra, os pop-ups de um anunciante podem não ter, inutilizando dessa forma a segurança oferecida.

Protocolo HTTPS

Vamos conversar?

Cadastre-se e enviaremos para você uma análise gratuita dos aspectos básicos de SEO no seu site com dicas rápidas.

Enviaremos para você algumas recomendações básicas de SEO que ajudarão a entender melhor o processo além de conhecer um pouco mais sobre a Gear SEO.

Campos com * são necessários

(opcional)

(opcional)

Conte-nos mais sobre os trabalhos de SEO ou Marketing Digital que você já fez com a sua empresa.

Quero receber novidades da Gear SEO