Glossário de SEO

SERP

O termo SERP, em inglês, significa Search Engine Results Page e representa os resultados de determinado termo pesquisado nos buscadores, como o Google. Neles, estão inseridos o title, a URL e a meta description de determinado site, geralmente, com a palavra-chave inserida.

 

O padrão usado pelos principais sites de busca corresponde a 10 resultados por página, sendo todos situados à esquerda. Na direita ou nas primeiras posições geralmente aparecem os famosos links patrocinados que, muitas vezes, podem não estar otimizados com os critérios de SEO.

 

Serp Domination

Hoje em dia, está cada vez mais difícil sua URL aparecer nos dez resultados de busca da primeira página do Google, mas com um bom trabalho de SEO, é possível alcançá-la. Quando isso ocorre, seu site conquista o Serp Domination, ou seja, domina a primeira página do Google.

 

Para alcançar o objetivo de ficar unânime na primeira página do Google, uma dica é adotar a estratégia de SEO On-Page em todo o seu site, adicionando links internos em todos os posts. Além disso, manter suas redes sociais, como Facebook, Twitter e YouTube atualizados, só irá levar ao aumento do tráfego orgânico de sua página.

 

O que compõe a SERP?

A SERP é formada pela consulta de conteúdo, os anúncios e os resultados orgânicos. No entanto, dependendo da pesquisa, são lhe apresentadas sugestões de imagens, vídeos, mapas ou demais itens relacionados ao assunto que você procura.

 

Ainda, no final da década passada, um novo item começa a compor a SERP: os rich snippets, que são pequenos complementos ao conteúdo apresentado no resultado de busca. Como exemplo, aquelas estrelas pintadas em amarelo indicando a avaliação dos usuários sobre uma página de Facebook.

 

Caso ocorra a pesquisa de determinado produto ou estabelecimento comercial, os rich snippets entram em ação no momento de citar endereço, horário de funcionamento e outras informações.

 

Além disso, recentemente, foi incluída na SERP uma espécie de busca por conhecimento, ou seja, o Google irá indicar nos primeiros resultados aquilo que o usuário deseja saber. Outras novidades são o Google Meu Negócio e o Google Shopping, exibidos todas as vezes em que o nome de alguma empresa ou produto é digitado na barra de pesquisa.

 

Relação da SERP com o tráfego orgânico

Ao buscar por determinada palavra-chave no Google, esse buscador irá te mostrar nas primeiras colocações os sites com os conteúdos mais otimizados e procurados sobre o assunto. Para isso, esse servidor faz uso de algoritmos capazes de identificar a qualidade da página por meio de métricas.

 

Neles, o Google irá considerar o grau de profundidade sobre o assunto ali retratado, se existe coesão e coerência entre todas as palavras e a quantidade de anúncios. Além disso, backlinks, linkagem interna e externa em dia também são essenciais no momento de obter bons resultados na SERP.

 

Como se sabe, rankear seu conteúdo no resultado principal de busca por aquele termo, só irá fazer o número de cliques aumentar. Estima-se que mais de 90% dos acessos feitos por meio do Google são feitos pelas SERP´s disponibilizadas na primeira página de resultados.

 

Um exemplo disso é que, de acordo com pesquisa da Advanced Web Ranking, a CTR de publicações presentes no primeiro resultado do Google é de 29,76% em desktops e 23,23% em mobile. Logo na segunda SERP, esses índices já caem para 14,32% e 13,98%, respectivamente.

 

Veja aqui dos termos mais buscados em Marketing Digital e SEO com separados em ordem alfabética.

 

Glossário de SEO

A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z