Glossário de SEO

Keyword Stuffing

O keyword stuffing conrsiste em uma técnica black hat de SEO. Ela surgiu de maneira natural, para ajudar os sites a se posicionarem mais facilmente. Porém, os avanços no mecanismo de busca fizeram com que a prática fossem identificada e punida.

 

Basicamente, o keyword stuffing ocorre quando uma mesma palavra-chave é incluída muitas vezes em um texto, visando o aumento do tráfego ao site. Para os buscadores, essa medida é uma forma de ludibriá-los, para que a página seja bem posicionada, mesmo sem ter um conteúdo relevante.

 

Densidade de palavras-chave

Na década de 1990, quando a internet ainda não estava consolidada, era comum que os sites exagerassem na quantidade de palavras-chave. Aos poucos, esse tipo de conteúdo começou a ser visto como não qualificado, o que fez com que os buscadores passassem a punir a prática.

 

Nesse momento, surgiram ferramentas para calcular a densidade das palavras-chave com relação ao texto. Um conteúdo de 300 palavras com 10 palavras-chave é muito mais denso, por exemplo, que outro de 1000 palavras com 10 palavras-chave.

 

A densidade é muito fácil de ser calculada. Basta dividir o número de repetições pelo número total de palavras e multiplicar por 100. No caso acima, o primeiro conteúdo tem densidade média de 3% e o segundo tem densidade de 1%.

 

Densidade ideal

Os buscadores não determinam uma densidade máxima que cada conteúdo deve ter. Porém, há quem acredite que entre 1% e 3% seja uma quantidade interessante para que o conteúdo seja bem rankeado.

 

Acima disso, a densidade pode ser considerada keyword stuffing e, portanto, passível de punição. Para que isso não aconteça, é importante prestar atenção à repetição de palavras-chaves. Além de não ser uma prática aceitável, isso torna o conteúdo repetitivo e prejudica a leitura.

 

O ideal é produzir textos pensando na experiência do leitor. Se o material for interessante e relevante para o público, o buscador irá identificar isso e recompensar o site por isso.

 

Experiência do leitor

Além de utilizar palavras-chave no texto, é importante que a página tenha termos do mesmo campo semântico. Isso ajuda a tornar o conteúdo mais relevante e completo, o que consequentemente o faz ser melhor posicionado nos buscadores. Se a página for sobre “pagamento de dívidas”, o redator pode incluir expressões como “sair do vermelho” e “como quitar as contas”, por exemplo.

 

Já faz alguns anos que o Google lê o conteúdo de maneira diferente. Agora o buscador utiliza ferramentas para entender como as pessoas pensam. Esse é o caso do RankBrain. Na prática, esse e outros recursos identificam como ocorre a utilização dos campos semânticos, priorizando conteúdos mais naturais.

 

Portanto, os textos engessados e produzidos apenas para rankear perderam completamente o espaço. Extrapolar a densidade de palavras-chave, gerando keyword stuffing, não gera valor para o conteúdo e ainda pode causar problemas para o site.

Veja aqui dos termos mais buscados em Marketing Digital e SEO com separados em ordem alfabética.

 

Glossário de SEO

A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z